Coloque aqui seu email para receber as novidades do blog

domingo, 8 de maio de 2011

LET`S TALK ABOUT FORMULA 1

Estava pensando em escrever sobre isso faz mais de um mês.

Agora que começou a "temporada européia" da Fórmula 1 na Turquia, já dá para ter uma idéia real da situação das equipes e pilotos para o ano, onde todos já devem estar acostumados com as grandes mudanças que o regulamento reservou para o ano: os novos pneus da Pirelli feitos à base de farinha, as comentadas asas móveis e o Kers. Esses ditos cujos fizeram com que os carros desse ano sejam bem diferentes aos do ano passado, exigindo dos projetistas usar seu talento e criatividade para fazer o melhor carro dentro das limitações impostas.

Mas, quando se fala em talento e criatividade para fazer carros, Adrian Newey "é o cara". O responsável pelos carros "de outro mundo" da Williams em sua fase dourada e os grandes vencedores da Mclaren, então não causaria surpresa se os carros da Red Bull fossem qualquer coisa diferente de todos os demais.

E é isso que tem se visto desde a primeira corrida. A equação é infalível carro equilibrado mais piloto veloz o resultado é o banho que Vettel vem dando nos adversários, inclusive em seu companheiro de equipe Webber. Até agora, em quatro corridas foram quatro poles e três vitórias.

A mais emblemática foi a que acabou de acontecer na Turquia, onde, mesmo tendo arrebentado o carro na sexta, fez a pole e ganhou fácil mesmo com o carro reserva.

A seguir uma análise não tão abalizada do "resto":

McLaren (Hamilton / Button)
Nos testes de começo do ano presentou muitos problemas, mas antes da primeira corrida "pegou a mão" do carro e parece ser a melhor do "resto". Hamilton é um dos melhores pilotos em atividade e Button tem um estilo bem limpo e cerebral de pilotagem, não é bem o tipo de piloto que gosto de ver correndo, mas tem um título mundial e deve ter participação direta na evolução da equipe.

Ferrari (Alonso / Massa)
Outra que errou feio na concepção do carro para esse ano. Tem trabalhado para retomar a competitividade esperada para uma equipe desse porte. Alonso é, na minha opinião, o melhor piloto em atividade e o resultado de hoje na Turquia mostra a evolução da equipe. Massa, bom, tenho colegas que acham que eu o "persigo", mas, sempre que a equipe precisa que ele dê o "meio segundo" a mais que a equipe precisa, ele falha. Por mais que eventualmente a equipe erre com ele, mas não podemos desprezar os maus resultados provocados por uma aparente "apatia" do piloto nos momentos decisivos. Vide a colocação final no GP da Turquia (13*), mesmo após um começo de corrida promissor.

Lotus Renault (Heidfeld / Petrov)
Para mim a grande surpresa do ano, boas classificações e corridas consistentes. Uma pena que Kubica sofreu aquele acidente horrível correndo de rali e perdeu a temporada. Deve brigar com a Mercedes.

Mercedes (Schumacher / Rosberg)
Sorte de principiante com os resultados e títulos de 2009. Rosberg eventualmente brigando pelos primeiros lugares nos treinos e pódios nas corridas. Schumacher parece que está pagando pelos seus pecados da época do seu auge onde passava por cima de tudo e de todos em nome das vitórias e títulos.

O terceiro pelotão:

Williams (Barrichelo / Maldonado)
Uma sombra da grande vencedora dos anos 80 e 90 está fazendo número. Sem dinheiro, não deve evoluir muito. Os resultados desse começo de temporada horrível não deve mudar muito até o final do ano. Outra que parece que está purgando os seus pecados. Barrichelo, infelizmente já está fazendo hora extra. Maldonado, por enquanto, somente um piloto pagante.

Force Índia (Sutil / Di Resta)
Devagar e sempre, a cada corrida consolidando a sua posição no pelotão intermediário. Sutil, uma eterna promessa. Paul Di Resta é um piloto a ser observado.

Sauber (Kobayashi / Perez)
Talvez com um orçamento maior possa fazer uma temporada melhor que á do ano passado. Tem uma dupla de pilotos jovem e promissora; Kobayashi já provou que rápido e arrojado que com um carro melhor possa dar trabalho e Perez, o novato, já mostrou que é rápido, está na temporada de aprendizado.

Toro Rosso (Buemi / Alguersuari)
Tá lá, no meio, fazendo número... Nem sal, nem pimenta. Teve o seu auge com ele, Vettel.

Team Lotus (Kovalainen / Trulli)
A equipe está lutando para provar que é séria e está buscando resultados concretos. Apesar de ter, na minha opinião, a pior dupla de pilotos das equipes em 2011.

Virgin (Glock /d'Ambrosio) e HRT (Liuzzi/Karthikeyan)
Estão lá apenas para legitimar as demais.

Vamos ver se o desenrolar da temporada confirma esse sentimento após as quatro primeira corridas. Tomara que os demais concorrentes reajam rapidamente e a decisão seja no Brasil!

Abaixo os capacates dos pilotos que começaram a temporada 2011:

Ilustração retirada do http://www.blogdocapelli.com.br/
Postar um comentário