Coloque aqui seu email para receber as novidades do blog

sexta-feira, 8 de março de 2013

OS PASTORES, O FACEBOOK, O FRENESI E O NADA

Caros amigos invisíveis.

Ultimamente tem pululado informações nas mídias sociais sobre esse tal do Pastor Marcos Feliciano e as declarações raivosas e sectárias desse indivíduo e sua posterior eleição para presidir a Comissão dos Direitos Humanos, que provocou uma enxurrada de posts igualmente raivosos e sectários daqueles que se sentem chocados com a opinião do cidadão.

A minha preguiça não me deixou procurar saber o que é que essa bendita comissão faz e se é útil para a sociedade brasileira. Mas se considerarmos os relevantes serviços que a imponente casa presta para a sociedade brasileira, temo concluir que essa Comissão não serve para nada, não melhora nada a vida da sociedade brasileira e só serve para os seus participantes saírem bem na foto à época das eleições.

Além do que, deputado e senador entendem é de comissão mesmo.

Pois bem, será que o cara é um caso isolado de racismo e homofobia que temos em todas as figuras públicas da gloriosa e retubante República Federativa do Brasil?

Se ele foi eleito, pressupõe-se que MUITA gente votou nele por ter afinidade nas idéias por ele defendidas, o que torna legítimo o seu papel no cassino que é a câmara dos deputados.

Ele representa significativa parcela da população do seu estado.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Corta para o fato efervescente do agora passado esquecido, sufocado pela necessidade premente de novos factóides para dar o circo para os ativistas do politicamente correto, sentados defronte aos Notebboks, Tablets e SmartPhones montados com mão de obra escrava de criancinhas asiáticas, que foram as declarações do Silas Malafaia.

Movimentos igualmente enfurecidos que desses ativistas pedindo até a cassação dos direitos profissionais desse senhor.

E hoje, cadê??????

Só se consulta com ele, vai na igreja dele e dá o dinheiro para ele quem quiser.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Em comum vejo em ambos os lados, os donos da verdade absoluta e irrefutável, onde não é permitido pensamento contrário, sob pena de execração pública, desqualificação e ridicularização da pessoa que pensa diferente da onda.

Para dar sustentação às suas idéias ambos os lados se amparam fervorosamente e cegamente ou na Bíblia ou na Ciência, um excluindo o outro.

Com bases puramente cientificas os alemães provocaram o holocausto e a eugenia e a igreja as cruzadas e a inquisição.

Triste é perceber que estamos perdendo sistematicamente a capacidade de argumentar e discutir IDÉIAS, nos tornando de alguma forma robozinhos padronizados que apenas REAGEM aos estímulos das informações que são divulgadas nessa que talvez seja uma das invenções mais fantásticas da humanidade que é a internet.

E o homem, em sua infinita capacidade de fazer merda, banaliza o seu uso.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Vamos esperar a próxima onda e mergulhar nela com fervor, ódio e crença cega nas convicções que alguém  disse que deveremos ter.

Se o facebook, Twitter, Orkut, ou qualquer coisa parecida  mobilizasse as massas seria proibido ou o seu uso controlado.

Hoje controlados somos nós, homens livres.
------------------------------------------------------------------------------------------------------------
E tenho dito!
Postar um comentário